segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

As Aventuras de Jack Burton nas Garras do Mandarim, de John Carpenter (1986)

Jack Burton, um camionista convencido e labrego, mete-se numa aventura com o seu amigo Chang: resgatar a namorada deste, que foi raptada por uma gangue chinesa perigosa. Mas ele não sabe ainda que irá entrar numa aventura cheia de misticismo, magia negra e fantasia.
Este Big Trouble in Little China é o filme mais divertido e descontraído de Carpenter, onde o mestre mistura humor, acção, artes marciais, fantasia, aventura e magia negra. Carpenter usa novamente Kurt Russel como protagonista mas, desta vez, o protagonista não é o tipíco herói: ele é um anti-herói (se chega a tal) totalmente convencido e inútil, em que passa o tempo todo a dizer as suas gracinhas e as suas 'one-liners' mas, no final, acaba por pouco fazer (exemplo perfeito é o ataque final ao templo, onde Jack Burton, após ser nocauteado pela sua imbecilidade, acaba preso debaixo dum soldado que acabara de matar). Carpenter usa estes vários ingredientes de forma hábil e com um humor fantástico, criando assim uma mistela de géneros muito bem conseguida.
O filme estreou em 1986 e foi muito mal tratado pelo estúdio (Fox) e acabou por tornar-se um tremendo fracasso, marcando assim o fim do período dos grandes estúdios para Carpenter (voltaria ao cinema independente no ano seguinte) e terminou de forma desagradável a sua parceria com a Fox. No entanto, tal como aconetceu com outras obras da dupla Carpenter/Russel, tornou-se um enrome filme de culto e uma das obras mais conhecidas e apreciadas dos anos oitenta. E acaba por ser mais um excelente passo na carreira de Carpenter e Russel.

IMDB: http://www.imdb.com/title/tt0090728/

Trailer:

1 comentários:

João Ricardo "Blog da Pipoca" disse...

É como dizes: o mais divertido e descontraído. Kurt Russel = Action Man

Abraço

 

Copyright 2007 ID Media Inc, All Right Reserved. Crafted by Nurudin Jauhari